Ponto de encontro entre os ufologos e simpatizantes
 
PortalPortal  InícioInício  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Últimos assuntos
» Buy generic cialis online now
Qui Ago 04, 2011 6:04 am por Convidado

» Ascorbic Acid Ferrous Sulfate Tablets
Qua Ago 03, 2011 12:11 pm por Convidado

» Fxsystems Forex Broker located offshore
Qua Ago 03, 2011 10:52 am por Convidado

» I learned a lot from here so it's time to pay back.
Ter Ago 02, 2011 11:33 pm por Convidado

» EdmefoWkes
Seg Ago 01, 2011 2:22 pm por Convidado

» keyword service backlinks service
Seg Ago 01, 2011 1:59 pm por Convidado

» http://www.merchantcashadvances.org business loan
Seg Ago 01, 2011 10:35 am por Convidado

» kraków noclegi hostel
Dom Jul 31, 2011 6:48 pm por Convidado

» hotele chorwacja opinie
Dom Jul 31, 2011 11:21 am por Convidado

» Drug Enforcement Law
Dom Jul 31, 2011 7:30 am por Convidado

» Pregnancy Symptoms
Dom Jul 31, 2011 3:33 am por Convidado

» When the first Whirlpool Duet album was released in December 2001 came as a surprise to the public
Sab Jul 30, 2011 1:19 pm por Convidado

» Metformin, such beginning plant-derived
Qui Jul 28, 2011 3:04 pm por Convidado

» Drug Fair Cost Cutters
Qui Jul 28, 2011 2:51 am por Convidado

» Казино-играть на фишки и на деньги
Qui Jul 28, 2011 2:18 am por Convidado

» скачать yd22 ремонт и эксплуатация
Qua Jul 27, 2011 4:22 pm por Convidado

» cerapur инструкция
Qua Jul 27, 2011 2:13 pm por Convidado

» x-Hack hack you
Ter Jul 26, 2011 10:50 pm por Convidado

» Экскурсии по Тенерифе,дешёвые цены
Ter Jul 26, 2011 7:39 pm por Convidado

» naked indian wives adult movies
Ter Jul 26, 2011 12:39 pm por Convidado

» программы для компьютра
Seg Jul 25, 2011 11:22 am por Convidado

» Objeto triangular foi visto em Dracena no interior de São Paulo
Dom Jul 26, 2009 11:14 am por Convidado

» Tripulação do ônibus espacial Discovery prepara retorno à Terra
Seg Mar 30, 2009 5:28 am por IPUB

» Rússia planeja militarizar o Ártico
Seg Mar 30, 2009 5:21 am por IPUB

» Revelados os ficheiros secretos ingleses
Seg Mar 30, 2009 5:07 am por IPUB

» Objetos submarinos não identificados
Sab Mar 28, 2009 10:14 am por fernando

» Hora do Planeta 2009
Sab Mar 28, 2009 10:08 am por fernando

» Voluntários ficarão presos três meses em experimento para viagem a Marte
Sab Mar 28, 2009 5:44 am por IPUB

» Objeto desconhecido sobre a Turquia
Sab Mar 28, 2009 5:32 am por IPUB

» Um buraco negro na cabeleira
Qua Mar 25, 2009 10:34 pm por IPUB

Loja
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
 Loja
Loja
R$ 22,99
--------------------
produto_Foto1_10271.jpg
Apostila completa de Montagem e Configuração e computadores.
R$ 4,99
--------------------

produto_Foto1_399948.jpg
Sandalia Havaiana lilás personalizada com malha
R$ 29,99
ou 2 X R$ 15,44
--------------------
produto_Foto1_400514.jpg
Adaptador Micro SD para Mini SD
R$ 14,99
--------------------
produto_Foto1_400122.jpg
Tic Tac de viez lilas
R$ 3,00



Parceiros

Compartilhe | 
 

 Disclosure Project

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
IPUB
Admin



MensagemAssunto: Disclosure Project   Qua Mar 25, 2009 5:29 pm

O Disclosure Project é uma iniciativa que surgiu da reunião de mais de 400 testemunhas idôneas, sendo várias dezenas de profissionais de Inteligência, Defesa e Ciência, de várias áreas do governo americano e de empresas a ele ligadas ou não. De acordo com o porta-voz e diretor da organização, o médico Steven Greer, desde a coletiva de imprensa realizada em 9 de maio de 2001, muito mais gente tem se reunido a seu movimento. Mas ao mesmo tempo, ele teme que medidas também estejam sendo tomadas para a destruição de provas e para desviar a atenção (vide 11/09) do que realmente importa. Para ele, o que começou, em meados da década de 40, como uma operação de acobertamento de fatos que pudessem desestabilizar a sociedade evoluiu para uma “elite” que governa secretamente tudo o que é relacionado com contatos, tecnologia e, por que não dizer, diplomacia extra-terrestre. O que mais chama a atenção é a forma como tal conspiração flui naturalmente, sem a necessidade de grandes esforços para que a verdade se mantenha escondida.

A maior parte do conteúdo realmente interessante sobre o assunto disponível na net é um DVD de duas horas, com os testemunhos mais impressionantes e a coletiva à imprensa de 2001, ambos devidamente ripados e postados no Youtube e no Google Video. Achei muito pouco material traduzido, nada de transcrições e muito menos legendas. Então postarei aqui os depoimentos das 20 primeiras testemunhas (incluindo o próprio Dr. Greer), com breves resumos baseados no que achei em um blog em inglês. Estes depoimentos são curtos e sucintos, pois foi apenas a coletiva de “batismo” do projeto. O DVD de duas horas traz estas mesmas testemunhas e mais outras, que detalham suas experiências em pormenores surpreendentes. Todo esse material, repito, está no Youtube e no Google Vídeo de forma integral, apenas não está traduzido.

1ª Testemunha: John Callahan, da divisão de Investigações e Acidentes da FAA, a Infraero dos EUA

Relata um incidente no Japão, em 18 de novembro de 1986, quando foram gravados, pela primeira vez, dados de um avistamento por radar de um OVNI. Callahan chegou a entregar um relatório à FAA, com gravações das vozes dos controladores e pilotos, vídeo gravado durante o contato e os dados de telemetria do rastreamento do OVNI. Mas tomou o cuidado (ou correu o risco) de preservar os originais.

http://video.google.com/videoplay?docid=5421829264306621617&pr=goog-sl

2ª Testemunha: Tenente-Coronel Charles Brown, que chefiou o Departamento de Investigações Especiais da Força Aérea, conhecido como Projeto Grudge, em 1949 (anterior ao Blue Book)

Afirma que muitas das aparições de OVNI’s com as quais lidou tiveram, ao contrário do que foi declarado, confirmação de contato visual e por radar, tanto em terra como em vôo.

http://video.google.com/videoplay?docid=-4066803210185335286&pr=goog-sl

3ª Testemunha: Michael Smith, controlador de tráfego aéreo da Força Aérea americana entre 1967 e 1973, em Klamath Falls, Oregon.

O primeiro incidente que ele descreve ocorreu no começo de 1970, quando chegou para trabalhar e encontrou seus colegas assistindo a um OVNI no radar. O objeto surgiu a 80.000 pés, desceu abaixo do nível do radar para reaparecer, 200 milhas adiante, de volta aos 80.000 pés, manobra que repetiu várias vezes seguidas. Quando contatou o NORAD, lhe foi ordenado que nunca escrevesse nada em nenhum relatório sobre OVNI’s e que qualquer avistamento deveria ser tratado em need to know basis* (ou seja, fica só entre nós). Pouco tempo depois, foi avisado pelo NORAD que um OVNI viria em sua direção a partir da costa da Califórnia. Intrigado, perguntou o que eles queriam que ele fizesse, ao que eles responderam – Nada. Era apenas para avisar quem tinha que saber.**need to know é um procedimento de segurança de informação, onde a mesma é acessível apenas a quem “precisa saber”, e inacessível mesmo a quem tem o direito, legal, oficial, burocrático ou o que seja, de acessá-la.

Em 1972, enquanto em St. Marie, Michigan, com o 753º Esquadrão de Radar, Michael recebeu ligações dos policiais locais em pânico, que estavam em perseguição a três OVNI’S. Tendo se confirmado da presença dos objetos em sua tela de radar, notificou o NORAD, que desviou dois B-52’s das redondezas para evitar problemas de proximidade. Foi então ordenado que respondesse à polícia que não via nada no radar.

http://video.google.com/videoplay?docid=-6169416847204561230&pr=goog-sl
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
IPUB
Admin



MensagemAssunto: Continuação   Qua Mar 25, 2009 5:31 pm

4ª Testemunha: Enrique Kolbeck, controlador de tráfego aéreo mexicano

O primeiro incidente a que ele se refere foi uma confirmação por radar, em 4 de março de 1992, de 15 objetos 50 milhas a oeste do aeroporto de Toluca. A seguir, ele prossegue relatando que duas quase-colisões com OVNI’s ocorreram. A primeira em 28 de julho de 1994, às 22:20h, envolvendo o vôo 129 para o México. O segundo, apenas uma semana depois, envolvendo o vôo 904 para o México às 11:30. Ambos incidentes foram detectados pelo radar. Finalmente, desta vez com um novo equipamento de radar, em 15 de setembro de 1994, um objeto foi avistado estacionário por 5 horas! Esta era uma ocorrência bem estranha, e o equipamento foi checado. Não foram encontradas falhas. No dia seguinte, o avistamento foi relatado por numerosas pessoas ao sudeste do aeroporto de Toluca, na cidade de Metepec: um disco de 15 metros de diâmetro.

http://video.google.com/videoplay?docid=8695153620739467726&pr=goog-sl

5ª Testemunha: Comandante Graham Bethune, Marinha Americana (aposentado, falecido recentemente)

Relata um incidente de grandes proporções que aconteceu em 10 de fevereiro de 1951. Voando de Keflevic, Islândia, para Argentia, em Newfoundland, à noite e a aprox. 310 milhas antes de Argentia, sua tripulação relatou luzes na água, como um cidade. Essas luzes desapareceram e então um disco voou a partir do local das luzes e passou a interagir com o avião que o Comandante Bethune pilotava. Ele explica que vários dos equipamentos do avião foram afetados pela aeronave em foram de disco, que foi captada no radar com velocidade acima de 1.800 milhas por hora. Além da tripulação, os 31 passageiros do avião testemunharam o evento, sobre o qual o Comandante produziu um relatório de 18 páginas para a Marinha e a Força Aérea.

http://video.google.com/videoplay?docid=7058873821224176981&pr=goog-sl

6ª Testemunha: Dan Willis, Marinha dos Estados Unidos

Declara que trabalhou na “Code Room” (sala de código) da estação de Comunicações Navais em San Francisco. Em 1969, recebeu uma mensagem prioritária de um navio perto do Alaska, classificada como top secret. O navio relatou a emergência, do oceano, de um objeto elítptico, que brilhava em laranja-avermelhado, com aprox. 70ft de diâmetro (20m), o qual foi rastreado pelo radar viajando a mais de 7.000 milhas por hora. Anos depois, enquanto trabalhava em San Diego, um colega que já tinha trabalhado no NORAD notou objetos nas telas de radar saindo da escala, fazendo viradas de 90°. Quando levou isso a seu supervisor, esse disse que “foi só uma visita dos nossos amiguinhos”.

http://video.google.com/videoplay?docid=3200467686081156159&pr=goog-sl

7ª Testemunha: Don Philips, ex-empregado da Lockheed Skunkworks e ex-contratante da CIA

Descreve um incidente perto da Área 51, onde 6 ou 7 OVNI’s se exibiram sobre a base. Voando a velocidades de 2.400 a 3.800 milhas por hora, parando subitamente e voando em ângulos agudos, os objetos depois formaram um círculo, que entrou em rotação acelerada até se unir em um ponto e sumir. O evento foi registrado por radar.

http://video.google.com/videoplay?docid=4323324786586376866&pr=goog-sl

8ª Testemunha: Capitão Robert Salas, Força Aérea dos Estados Unidos

Em 16 de março de 1967, na base da Força Aérea de Malmstrom, em Montana, Salas era o Oficial de Lançamento de Mísseis. Um guarda de segurança o telefonou e falou sobre estranhas luzes no céu. Mais tarde, recebeu outra chamada, dizendo que havia um OVNI pairando sobre o portão frontal. Quando Robert Salas ligou para seu supervisor para notifica-lo da situação, os mísseis sob seu comando começaram a ser desativados, entrando em modo de não-lançamento. Ele perdeu de 6 a 8 mísseis naquele dia e a base de lançamento Echo Flight perdeu todos seus dez mísseis sob circunstâncias similares. Depois, descobriu que algo semelhante ocorrera em Minot, North Dakota, que em agosto de 1966 experimentara eventos similares, com aparições de OVNI’s sobre silos de mísseis.

http://video.google.com/videoplay?docid=7200733055531001917&pr=goog-sl

9ª Testemunha: Tentente-Coronel Dwynne Amesson, Força Aérea dos Estados Unidos

Em seu testemunho, Amesson relata três experiências relacionadas a OVNI’s. Primeiro, enquanto trabalhava na base da USAF de Ramstein, na Alemanha, no começo da década de 60. A cargo do Centro de Criptografia, leu uma mensagem que dizia que um OVNI havia caído na ilha de Spitzberg, na Noruega, e que um time de cientistas estava a caminho para investigar o acidente. Depois, quando lotado na 28ª Divisão Aérea de Great Falls, Montana, a cargo das comunicações, recebeu uma mensagem confirmando o problema de Robert Salas com o silo de mísseis. Finalmente, quando Comandante de uma unidade na mesma base, guardas de segurança da base de Loren relataram o avistamento de OVNI’s perto de instalações de armamento nuclear.

http://video.google.com/videoplay?docid=-4667797123865438505&pr=goog-sl

10ª Testemunha: Hartland Bently, Soldado de Primeira Classe, Exército dos EUA

Servindo no norte de Washington, DC, em maio de 1958, às 6:00h, ouviu um ruído que soava como um “transformador pulsante”. Ele afirma que a nave mergulhou rumo ao solo, com o impacto causando a queda de vários pedaços (?) e depois a nave levantou vôo novamente. Na noite seguinte, a base de mísseis de Gettysburg lhe telefonou e relatou que havia de 12 a 15 OVNI’s flutuando a 50~100 pés acima dele. Hartland perguntou: “que barulho eles fazem?” O interlocutor retirou o headphone e disse “Escute!” Era o mesmo som que ouvira antes, mas obviamente havia mais de um deles. Hartland imediatamente ligou seu radar e captou o objeto sobre o silo. Na outra passagem do radar, o objeto já estava a 2/3 do caminho para fora da tela, o que sugere uma velocidade acima de 17.000 milhas por hora. Dez anos depois, enquanto trabalhava em um projeto secreto na Califórnia, entre as 2 e 3 da manhã captou o link entre Houston e os astronautas, que diziam que um OVNI estava em curso de colisão com o módulo que dava a volta por trás da Lua.

Servindo no norte de Washington, DC, em maio de 1958, às 6:00h, ouviu um ruído que soava como um “transformador pulsante”. Ele afirma que a nave mergulhou rumo ao solo, com o impacto causando a queda de vários pedaços (?) e depois a nave levantou vôo novamente. Na noite seguinte, a base de mísseis de Gettysburg lhe telefonou e relatou que havia de 12 a 15 OVNI’s flutuando a 50~100 pés acima dele. Hartland perguntou: “que barulho eles fazem?” O interlocutor retirou o headphone e disse “Escute!” Era o mesmo som que ouvira antes, mas obviamente havia mais de um deles. Hartland imediatamente ligou seu radar e captou o objeto sobre o silo. Na outra passagem do radar, o objeto já estava a 2/3 do caminho para fora da tela, o que sugere uma velocidade acima de 17.000 milhas por hora. Dez anos depois, enquanto trabalhava em um projeto secreto na Califórnia, entre as 2 e 3 da manhã captou o link entre Houston e os astronautas, que diziam que um OVNI estava em curso de colisão com o módulo que dava a volta por trás da Lua.

http://video.google.com/videoplay?docid=9086672694920408346&pr=goog-sl


Última edição por IPUB em Qua Mar 25, 2009 5:33 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
IPUB
Admin



MensagemAssunto: Continuação   Qua Mar 25, 2009 5:32 pm

11ª Testemunha: John Maynard, Sargento de Primeira Classe do Exército americano (aposentado)

Tinha como incumbência a checagem, catalogação e encaminhamento de documentos secretos. Para tanto, era obrigado e ler todos, um por um, e checar se estavam completos para que seguisse ao destinatário. Ele afirma ter visto muitas, mas muitas referências a OVNI’s, incluindo fotos MPIC e relatórios sobre abatimentos desses objetos. Afirma que os “black projects”, projetos secretos que correm sem acesso até mesmo para o Presidente, existem de fato e que fora convidado para participar, mas recusou.

http://video.google.com/videoplay?docid=8757759886421304892&pr=goog-sl

12ª Testemunha: Sargento Karl Wolf, Engenheiro de Equipamentos Fotográficos Eletrônicos de Precisão da Força Aérea dos EUA

Com uma autorização para nível CRYPTO de segurança, trabalhou na base aérea de Langley, Virgínia. Em meados de 1965, foi transferido para o projeto do Lunar Orbiter da NASA, no Campo Langley. Um Dr. Colly estava no comando e tinha um equipamento danificado a ser reparado no local. Karl ficou espantado ao ver tantos cientistas de todo o mundo por lá. Enquanto consertava o equipamento, um colega piloto, assim como ele de Segunda Classe, lhe mostrou fotos de uma base na parte oculta da Lua. As fotografias claramente mostravam estruturas, em formato de cogumelo e edifícios esféricos com duas torres. Karl terminou seu serviço na expectativa de que isto fosse anunciado nos próximos dias. Trinta anos depois, nada.

http://video.google.com/videoplay?docid=-5599752745422246667&pr=goog-sl

13ª Testemunha: Donna Hare, funcionária da NASA

Contratada como Designer e Ilustradora, desenhou mapas para alunissagem e decolagem e trabalhava a maior parte do tempo no prédio 8. Enquanto fazia um trabalho extra entre as missões, entrou em um laboratório fotográfico no prédio em frente na qual alguém lhe mostrou uma foto com um OVNI. A pessoa que mostrou lhe informou que tinha como obrigação apagar qualquer evidência de coisas estranhas nas fotos antes de liberá-las ao público. Um guarda lhe contou que, quando fora ordenado que queimasse algumas fotos, sem olhar o que havia nelas, e (é lógico) olhou para uma delas e viu um OVNI, no mesmo momento em que foi golpeado pelo cabo de uma arma. Ela afirma que as pessoas que sabem convivem com as que não sabem e ninguém desconfia de nada.

http://video.google.com/videoplay?docid=7184352325309233612&pr=goog-sl14ª Testemunha: Larry Warren, Oficial de Segurança da Força Aérea americana

Alega que vigiava armas nucleares armazenadas na base americana de Bentwaters e ocorreu um incidente com aliens no local durante um período de três dias.

http://video.google.com/videoplay?docid=1658651046540909430&pr=goog-sl

15ª Testemunha: George A. Filler, III, Ex-piloto e Oficial de Inteligência da Força Aérea dos EUA (aposentado)

Esta testemunha não acreditava em OVNI’s até lhe ser ordenado que perseguisse um, em 1962. Relata que o objeto decolou rumo ao espaço de modo similar ao ônibus espacial. A partir disso, passou a fazer relatórios para colegas oficiais sobre OVNI’s no Vietnã Em 1976, relatou a um general na base aérea Maguire sobre um incidente no espaço aéreo iraquiano. Em 18 de janeiro testemunhou a descida de um OVNI nessa mesma base, do qual saiu um alienígena que foi baleado, tentou fugir e foi achado morto depois de pular a primeira cerca da base.

http://video.google.com/videoplay?docid=-3454935388085436735&pr=goog-sl

16ª Testemunha: Sargento Clifford Stone, Exército dos EUA

Stone conta como os americanos recuperaram objetos extra-terrestres e que ele mesmo estava envolvido nestas operações de resgate. Em 1969 participou da recuperação de uma destas naves enquanto lotado no Fort Lee, em Virgínia, enviado a uma localidade remota da Pensilvânia como parte da equipe reserva, pois suspeitava-se de radiação no local. Nesta apresentação, o sargento não diz muito, mas no DVD ele revela várias missões nas quais se envolveu e afirma que há mais de 50 espécies conhecidas de extra-terrestres.

http://video.google.com/videoplay?docid=-5232241059912541031&pr=goog-sl

17ª Testemunha: Mark Candish, Força Aérea dos EUA

Em 1967 assistiu com um telescópio uma aparição de dez minutos de um OVNI sobre uma base aérea americana.Em 1988, um colega de faculdade, Brad Sorrenson, lhe contou que ele pessoalmente viu três OVNI’s em um enorme hangar na base aérea Norton, durante uma exposição, no dia 12 de novembro de 1988. Mark ligou para seu congressista, que confirmou a exposição de Reproduções de Veículos Alienígenas. Apresenta um diagrama da aeronave com base na descrição de seu colega.

http://video.google.com/videoplay?docid=7538313574481723773&pr=goog-sl

18ª testemunha: Daniel Sheehan, advogado

O advogado, consultor jurídico do Disclosure Project, foi contatado por Marta Smith em 1977. Ela o informou que naquele ano o presidente Carter convocou um encontro com a CIA e exigiu informações sobre OVNI’s e qualquer informação existente sobre inteligência extra-terrestre. O pedido de Carter foi negado pelo diretor da agência na época, George Bush, o pai. Conseguiu acesso restrito a partes do projeto Blue Book naquele mesmo ano de 1977, no Edifício Madisson, onde viu fotografias de um OVNI acidentado cercado de pessoas da Força Aérea. Proibido de tirar qualquer cópias ou fazer anotações, conseguiu copiar caracteres que apareciam na nave em um bloco amarelo.

http://video.google.com/videoplay?docid=3633482888896302644&pr=goog-sl&hl=en

19ª Testemunha: Dra. Carol Rosin

Apresentada ao falecido Dr. Werner von Braun em 1974, a então professora da 6ª série foi alertada pelo cientista alemão da necessidade de parar com o armamento do espaço. Segundo o pai da tecnologia de foguetes, cinco cartas seriam utilizadas pelos interessados em fabricar armas: primeiro os russos, depois os terroristas, em seguida as nações “malignas” do 3º mundo, os asteróides e, finalmente, uma ameaça alienígena.

http://video.google.com/videoplay?docid=-5365120914943775711&pr=goog-sl&hl=en

20ª Testemunha: Dr. Steven Greer, diretor do Disclosure Project

O Dr. Greer explica que havia até então mais de 5 horas de depoimentos de testemunhas, e que essa coletiva fora uma pequena amostra. Ele clama por audições públicas e investigações no Congresso para desclassificar toda e qualquer informação sobre o assunto. Reafirma que já dominamos, através de engenharia reversa, a tecnologia que nos permitiria viver em um mundo mais limpo e mais humano. Insiste na desmilitarização do espaço e na predisposição de convivência pacífica com as outras espécies alienígenas.

http://video.google.com/videoplay?docid=-2268602089616309282&pr=goog-sl

Depois desta coletiva, todos os pedidos da organização têm sido negados pelos órgãos de inteligência e segurança americanos, mas as testemunhas se multiplicam e as evidências continuam se acumulando.

Veja o DVD com os testemunhos integrais (2h) aqui:

Parte 1: http://video.google.com/videoplay?docid=6552475158249898710&q=disclosure+project

Parte 2: http://video.google.com/videoplay?docid=-4694075066240662837&q=disclosure+project
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Disclosure Project   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Disclosure Project
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» (dica)TV PHILCO PH24MR LED A2 Com imagem invertida

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
IPUB  :: Geral :: Geral-
Ir para: